Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Sempre escrevo poemas de amor

imagesCATCRAVU

Se rio
se me revolto
me aborreço
canto e assobio
porque ando apaixonado
e escrevo

Se dou asas à imaginação
faço uso da Razão
ou me angustio
com apertos no coração  

Se expresso a minha dor
ou a minha alegria
minhas glórias e desditas
a dor ou a alegria de outrem
por palavras escritas
são poemas de amor
que escrevo
por bem  

Só por amor escrevo poesia
mesmo se o faço com enlevo
por pura fantasia  


Vale de Salgueiro, segunda-feira, 23 de Março de 200920120802
Henrique Pedro