Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Sempre noiva, eterna menina

imagesCA2C0D89
De tão formosa parece divina
Sempre noiva, radiosa rainha
Tantos são, sim, os seus apaixonados
Tão belos os príncipes encantados!

Não saber quem amar é sua sina
Que dela faz a eterna menina
Actriz de mil noivados adiados
Fautriz de muitos mais sonhos frustrados.

Seus amores são como os poemas
Ardentes diademas de dilemas:
Optar por um deita mil a perder!

Lindo sonho de amar e sofrer
Assim deverá ser até morrer
O seu viver de amor e de penas
  
*****