Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se. Feliz Ano Novo.

domingo, 9 de setembro de 2012

Enquanto há morte há esperança

imagesCA6UAZON

Mergulho no passado

nos tempos em que fui feliz

o meu coração sente

e me diz

desolado

que o presente

não é futuro

 

Antes é perjuro

farsa

desesperança

desgraça

e viver é sinónimo de morrer

 

Mas enquanto há morte

há a esperança

de que nos podemos salvar

e vir a reencontrar

em amoroso devir

 

Esperança de viver

antes e depois de morrer

 

Não importa viver

para sofrer

e penar

nem morrer

para deixar de viver

 

Há que viver e acreditar

 

*****