Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

sábado, 26 de janeiro de 2013

Vejo-me nos seus olhos




Assim ela melhor se mostra
e se denuncia
e melhor eu a vejo
e com mais força mais a desejo

Vejo-me nos seus olhos

Vejo nos seus olhos o que lhe vai na alma
e tudo que os seus lábios
e palavras
escondem

Ouço o silêncio
do seu sorriso

A partir daqui invento-a
e reinvento-me a mim

Levado nas asas da imaginação
e do vento
sopro
da paixão

^^^^

1 comentário:

  1. Como são agradáveis estas visões.
    Parece que a vida tem outra cor e outro interesse.

    Pergunto-me também:
    - Será que os outros me vêem com outros olhos iguais aos meus...?

    ResponderEliminar