Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

domingo, 7 de julho de 2013

A Razão de Ser



Parto do tempo que conto
e do espaço que ocupo

Da dor que sofro
da verdade que desconheço
do infortúnio que não mereço
da felicidade que anseio

Na minha Razão o tempo
vira Eternidade
e o Espaço
infinidade


No meu Coração
a dor vira Amor
eu irmão
de toda a gente

E Deus
absolutamente

a Razão de Ser

Sem comentários:

Enviar um comentário