Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

É assim que eu te amo



Com a doce sensualidade
que emana dos anjos
é como eu te amo

Com o viço do jacinto
que resplandece em cada dia
com o sol nascente
é assim que eu me sinto
quando te vejo surgir
de repente
a sorrir
inundando de alegria
toda a gente

É assim que eu te amo

E de que outra forma haveria eu
de te amar?


Para de me tentar!

2 comentários:

  1. Muito lindo...Regina Ferreirinha.

    ResponderEliminar
  2. Agradeço a sua visita, distinta amiga Regina e a amabilidade das suas palavras. Bj

    ResponderEliminar