Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Sorrisos que só mostram dentes



Os mais sinistros sinais
destes tempos dementes
são
quiçá
os sorrisos que não mostram mais
que dentes

São sorrisos coercivos
que vendem dentífricos inofensivos
“lingeries” vaporosas
e políticas maliciosas

São sorrisos sinistros
que enredam os espíritos
em ilusões cor-de-rosa
escondem a perfídia
disfarçam a traição
e levam à perdição

Urge
portanto
que aprendamos a sorrir
sorrisos mais explícitos
com natural encanto

Urge que a Humanidade
reaprenda a rir de verdade
a sorrir sorrisos que abracem
e enlacem

com naturalidade

2 comentários:

  1. Aplausos!!! Às vezes penso que a superficialidade das pessoas está apenas na superfície; e me espanto ao saber que ela se encontra cada vez mais profunda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a sua visita, distinta amiga Ana, e a amabilidade das suas palavras. Boas Festas.

      Eliminar