Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Trago um sentimento ágrafo agrafado no peito




Trago um sentimento ágrafo
agrafado no peito
atravessado
na garganta


Abafado
sem jeito

Incapaz de expressar
seja a escrever
ou a falar
a mim mesmo me espanta

Tomara ter
a coragem de uma aragem
para lhe dizer
e lhe confessar
que a amo

Mas temo ser traído
pelo vento

Mal ela sabe com ando sofrido
da raiva que derramo
dentro de mim
por ser assim

Mas eu a amo

Dói
só de o pensar

^^^^