Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se. Feliz Ano Novo.

domingo, 27 de janeiro de 2013

Uma curva do caminho




Foi lá que aprendi a andar
a tropeçar
a cair
e a me levantar

A subir
para ver o vale
de cima

A descer
para debaixo
contemplar o cume

A mudar de direcção
para poder
seguir adiante
incólume

Mesmo agora
que já me não dá prazer
subir ou descer
a correr
esfusiante
como quando menino
apraz-me parar a meio

Para pensar
repensar
e respirar
em ar aberto
para repor o coração
a bater certo
em seu anseio

Naquela curva do meu caminho
uma simples volta na ladeira
da colina onde moro

^^^^