Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Carta de amor para Belkis



Mil acendrados desejos à flor da pele
vontade de amar até ao tutano
cá e lá do oceano

Ilusão, ou talvez não
mais poderosa que a idade
é a verdade

Da interacção dos albedos dos sonhos de cada um
resulta uma aura comum
que exorciza todos os medos
e resplandece

Deixemos que a paixão nos devore as entranhas
e se purgue em puro amor
indolor


Aventuremo-nos a vadear o mar!