Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se. Feliz Ano Novo.

domingo, 30 de junho de 2013

Ainda não é amor, por enquanto



Ainda não é amor
por enquanto
nem sei bem
se algum dia
se o será

Por agora é só poesia
o encanto de a idear
nua
tentadora
ao deus dará

De imaginar que se desnuda
linda de morrer
e de matar
despudorada
quem com ela se envolver

Ela brinca com o fogo
incendeia-me
e eu cubro-a com o olhar

Mas quando já a vejo despida
oferecida
revolta
apresto-me a envolve-la em poesia
sem demora
não vá o fogo da provocação
incendiar tudo à nossa volta

Ainda não é amor
por agora

É só ardor
fulgor de tentação

festa de fantasia