Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se. Feliz Ano Novo.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Percebi isto, hoje, em dia de chuva



Hoje
percebi que os pinheiros abrem as copas
e distendem os ramos
em direcção ao céu
abençoando a chuva
que lhes dessedenta as raízes
e fertiliza a terra

Que vivemos além da vida
na medida em que temos fé
e nos damos
para lá de nós

Quando amamos
e semeamos flores
e amores

Quando criamos animais
plantamos árvores
e nos alegramos
mesmo estando sós

Quando geramos filhos
ou escrevemos poemas
que florescem alegres e livres
como os lírios do campo
ou as aves do céu
que se alimentam livremente dos frutos
das árvores que plantamos

Quando o vento
que nos fustiga o rosto
se transforma em brisa
e a ira se adoça
e suavizamos a voz

Quando compreendemos que a vaidade
e a glória
não têm sentido
e que mais tino tem
dar
e amar

Vivemos além da vida
na medida em que temos Fé
e nos damos
para lá de nós

Embora ter Fé
seja não acreditar em nenhuma coisa concreta
mas simplesmente manter
uma porta
aberta

Percebi isto, hoje, em dia de chuva