Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Qual o valor do amor no mercado?



Eu não troco a alegria genuína de um amor verdadeiro
o sorriso de uma criança feliz
ou a minha paz interior
pelas bacias diamantíferas da África do Sul
pelos campos petrolíferos da Arábia Saudita
por todos os camelos do deserto do Sahara
ou por toda a riqueza contabilizada em Wall Street

Nem mesmo por todo o ouro guardado em Fort Knox
pelo poder instalado na Casa Branca
tão pouco pela glória das maiores estrelas de Hollywood
do futebol
da música
ou da dança

Por nada deste mundo
por tanta coisa fútil que nada me diz
e que à Humanidade
e à verdade
não acrescentam esperança

Mesmo sabendo que também o amor e a paz
são efémeros

Meros mas decisivos sinais
da Felicidade maior

que persigo

2 comentários:

  1. SÃO NAS PEQUENAS COISAS, QUE ENCONTRAMOS A NOSSA RIQUEZA.
    E NÃO HÁ DINHEIRO NO MUNDO QUE PAGUE.
    PORQUE O AMOR; É A ESSÊNCIA DA VIDA.

    BOA NOITE.

    ResponderEliminar
  2. As coisas mais importantes da vida não fazem barulho... amei!

    ResponderEliminar