Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

terça-feira, 20 de maio de 2014

Há amar e amar, há partir e ficar






Especado no cais
hesito entre ficar
e partir
ir atrás do seu olhar

Abstraio-me

Dou asas ao coração
mergulho na sua imagem
no reino da ilusão

Inunda-me uma vaga de desejo
venço a onda do embaraço
passo à acção
à palavra
ao beijo
ao abraço

Afirma-se a paixão

Sinto que me quer
que não é miragem

Será que existe?

Insiste

Especado no cais
hesito entre ficar
e partir
ir atrás do seu olhar

Não sei para onde me leva

para onde vai

1 comentário: