Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

A rosa!




A rosa! Branca, negra, rubra, amarela
Aveludada, rugosa ou multicor
Numa só, a magia de toda a flor
Não há outra assim tão linda como ela

Perfumada ou inodora, sempre bela
Ilumina o nosso olhar com amor
Alegra a nossa alma com sua cor
E perfuma a igreja e a capela

Mas a rosa tem certo jeito de amar
Muitas vezes desastrado e doloroso
Arranja sempre forma certa de picar

Mesmo a quem a acaricia, amoroso
Apenas na ideia de a mimar

A rosa responde com seu ar caprichoso