Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

terça-feira, 15 de julho de 2014

A minha alma



A minha alma
é o mundo em que todas as coisas existem
acontecem
persistem
e desaparecem
e o amor
e a dor
coexistem

É o espaço em que giram todas as galáxias
e universos conhecidos
e os que estão ainda por descobrir
em que as estrelas brilham
os ventos sopram
e as palavras
se concertam em versos
e os versos em poemas

É o mundo em que batem corações
e se levantam questões
e dilemas

Sobretudo aqueles que ninguém entende
ou não têm resposta
nem na minha alma
nem fora de mim

A minha alma é caos
e cosmos
o hiperespaço em que eu aconteço
não sei o que penso
o que digo
o que faço
caminho pé ante pé
me mereço


A minha alma é o templo
sem tempo
onde se acende
a chama
da fé
e Deus

se transcende