Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

segunda-feira, 14 de março de 2016

Esta ilusão que a poesia me dá


 


Esta ilusão que a poesia me dá
com seus poemas
de que algum dia
serei alguém

Que não serei apenas
mais um
entre tantos mortais
meus iguais

Esta quimera
esta utopia
de estar sempre à espera

Esta esperança
de que a toda a hora
a felicidade acabará por acontecer

Esta ilusão que a poesia me dá
não me abandonará
nunca mais
nem mesmo depois de morrer

Esta ilusão
esta certeza
esta alegria
esta tristeza
que a poesia me sopra no coração
é o motor do viver
de quem vive
de amor