Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Só por pura amizade



Combinámos deitar-mo-nos juntos
e despidos
sem ter em mente outros assuntos
apenas para provar
desinibidos
que nada de mal iria acontecer

E não aconteceu?

Bem!
Aconteceu o que tinha que acontecer
o que era inevitável
aquilo que a tentação ditou
e a amizade não evitou

Aconteceu fazermos amor
por pura amizade
e não por desejo de prazer

Se assim não fosse a amizade não seria amizade
seria uma enormidade
mas em nada
a amizade se molestou

Ainda hoje ela me chama de atrevido
só porque eu estava despido

Mas eu respondo que atrevida
foi ela
porque sendo linda como uma estrela
se deitou comigo
nua
numa noite de lua
e se deleitou

Mas que valeu a pena

Tudo vale a pena
se a amizade não é pequena
como se viu

Foi amoroso
delicioso
como bem se quer
um jogo de verdade
como outro qualquer

Que só por amizade
se não repetiu