Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Que mil bombas de paz e amor deflagrem sobre a Terra





Calar a verdade é mentir

Dar a pensar receber é subtrair

A paixão sem amor é uma forma de odiar

Proclamar a paz a pensar na guerra
é uma forma de guerrear

Urge libertar a Humanidade do terror e da animalidade

Que mil bombas de paz e amor deflagrem sobre a Terra
e os donos do mundo reflictam
para que Hiroxima e Nagasaki se não repitam



Sem comentários:

Enviar um comentário