Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

domingo, 29 de janeiro de 2017

Um Homem pregado numa Cruz



Bato a todas as portas do Universo
Todos os sábios da Terra questiono
Com os males do mundo me emociono
Por toda a parte o clima me é adverso

Leio todos os livros de prosa e verso 
A todas as bibliotecas eu assomo
Nos laboratórios perco o meu sono
Procurando um consolo incontroverso

Em todas as igrejas procuro a Luz
Força para sofrer e me manter de pé
Mas nenhuma evidência me seduz

Um Homem, porém, me diz, pregado na Cruz:
- Jamais deixes de bem Amar e de ter Fé.
Por ti, com Amor, sofri! Sou Cristo Jesus!