Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

quarta-feira, 8 de março de 2017

Há sempre uma mulher que me inspira




Sempre que o meu espírito se diverte
sem que nada diga
à Razão

E procura na poesia
a luz
o sorriso da alegria
o sentido da vida
um lampejo de paixão

Há sempre uma mulher que me inspira
que me conduz
me excita o coração

Uma mãe
uma amiga
uma amante
vivendo perto
longe
distante
no além

O seu olhar
o seu falar
o seu amor
a sua dor
a sua recordação
semeiam na minha mente
a semente do dilema
que se acende
e arde em poema

Pensamento pensado com emoção
qual laivo de vento
que é tormento
agora
mais tarde
agora já não


in “Mulheres de Amor Inventadas (Outubro-2013)