Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

domingo, 7 de maio de 2017

O amor dor de nossa mãe




Com beijos do nosso pai e da nossa mãe
No útero materno nós somos gerados
Pelo desígnio divino abençoados.
Porém, paridos com dor, amor nos mantém

Tudo do amor dor de mãe, por bem, advém:
O bom leite com que somos amamentados
As lágrimas dos dias mais angustiados
A esperança de que seremos alguém

Do paraíso que é o mátrio seio
Jamais dele seríamos nós separados
Se estivesse a Mãe de Deus pelo meio

Nem o acto donde toda a dor adveio
O bom Criador o teria consumado
Caso Eva já fosse mãe. Assim eu creio!