Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

sábado, 17 de fevereiro de 2018

A vida não é uma batalha perdida



Apraz-me caminhar sem destino
em espaço aberto
sem saber ao certo
aonde me leva o caminho
nem mesmo se regresso

Andar a esmo
à sorte
às voltas a mim mesmo
pelo verso
pelo anverso
e de reverso
sem tempo
sem norte
nem tino

Indiferente ao sol
à chuva e ao vento
com o pensamento disperso
no mundo da poesia meu modo de viver
crisol do meu entendimento
farol do meu acreditar

A vida não é uma batalha perdida
que é forçoso travar
ainda que saibamos
que acabaremos por morrer

Forçoso é vencer


Sem comentários:

Enviar um comentário