Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

A Fé que sinto é um instinto


É uma sede que não sacio
por mais água que beba

Uma fome que não mato com pão

Um desejo de amar que me não passa
por maior amor
ou bem
que eu faça

Esta Fé que eu sinto
é um instinto instante
uma angustiante insatisfação

É colapso da Razão
fracasso da inteligência

Esta fé que eu sinto
é o instinto de sobrevivência
do meu espírito



1 comentário: