Seja bem vindo/a. A mesa da poesia está posta. Sirva-se.

segunda-feira, 10 de março de 2014

Sem título, sem tema, sem autor



Um poema poderá não ter título
nem ter autor
sequer

Poderá não ter tema
nem falar de dor
ou de amor

Poderá ser tudo
e nada
e nada dizer

Mas um poema terá sempre que ter
leitor

Terá que ser sentido por alguém
mesmo sem ter sentido para ninguém

Poderá emergir uma glândula endócrina
de um órgão avariado
resultar de uma observação do quotidiano
calar-se no fundo de um coração
e por ali se perder
abortado

Poderá ser só um rosnar
um ranger de dentes
um uivar de lobo
um grito de socorro
uma expressão de alegria
um estado de afasia
um apontar de dedo à estrela polar

Poderá somente ser
um olhar
um sentir
uma emoção

… um gesto de ler

com poesia

2 comentários:

  1. A poesia é quem dirige o olhar. O olhar poético lê o mundo, a vida e as palavras além dos significados visíveis a todos os outros olhares. Não sei se é um dom ou um aprendizado, mas sei que ela( a poesia ) nos ronda por aí... E quem pegar......pegou !!! Belo poema !

    ResponderEliminar
  2. Relendo e adorando! A poesia está no olhar, no silêncio...no sentimento. Beijo!

    ResponderEliminar